Assistir

Um Documentário sobre Fake News

by merlinjoao,
Escrever

Uma Viagem

by merlinjoao,
Assistir

Queen, Bohemian Rhapsody e Eu

by merlinjoao,
autor Stephen King
Ler

Mr. Mercedes

by merlinjoao,
Coisas que Fazemos sem WiFi

Coisas que Fazemos Sem Wi-fi // Thallen Merlin

by merlinjoao,
Assistir

Você conhece o Zomerismo?

by merlinjoao,
Ler

Cartas de Um Diabo a Seu Aprendiz

by merlinjoao,
Coisas que Fazemos sem WiFi

Coisas que Fazemos sem WiFi

by merlinjoao,

Intermédio

Sabe, eu estou com um nó na garganta. Sabe, tenho estado muito estressado ultimamente. Sabe, eu tenho só 21 anos e sinto – ou parece – que já vivi um turbilhão de dias, emoções e problemas. Não sei dizer se isso é um problema da minha geração, se é da geração anterior, ou se o problema vem da diferença entre Continue lendo

Uma Viagem

Como é engraçado. A janela está aberta. O vento corre forte. Olho longe porque não tem ninguém na minha direção. As mãos no volante não tremem mais. As costas não suam. Acho que depois de alguns anos com a habilitação para dirigir esquecemos o nervosismo no porta-malas. Pode parecer estúpido, mas sempre achei que quando tivesse minha carteira seria mais livre. Mas não. Que ironia.

Queen, Bohemian Rhapsody e Eu

Numa ida despretensiosa ao cinema descobri algumas coisas: uma delas é que eu gosto de rock, e a outra é que conheço várias músicas da banda Queen! Estava eu com meu irmão e cunhada quando decidimos ir ao cinema. Escolhemos o filme Bohemian Rhapsody. Sabíamos sobre o que se tratava, esperávamos um grande filme, mas não o impacto que o Continue lendo

Mr. Mercedes

em todos os momentos Mr. Mercedes nos instiga a querer mais, mais e mais. E mesmo quando acaba você ainda quer mais.

Você conhece o Zomerismo?

Dentro do tema “coisas que fazemos sem Wifi”, quero indicar um youtuber despretensioso que traz a tona e motiva essa ideia de viver mais a realidade. O nome dele é Lucas Zomer, mais conhecido como Zomerismo.

Cartas de Um Diabo a Seu Aprendiz

Chegou as minhas mãos como um presente despretensioso. Já o tinha visto por aí (com uma capa dessas, como não olhar?), conhecia o autor por suas outras obras, mas não cheguei a me envolver o suficiente para tirá-lo da esfera do desejo. “Cartas de um diabo a seu aprendiz” foi um livro inesperado. O recebi com muita alegria. Só podia Continue lendo